Estradas do Paraná tiveram 64% mais mortes no feriado

As estradas federais do Paraná tiveram 23 mortes durante o feriado de carnaval, segundo dados das polícias Rodoviária Federal e Estadual, número que representa alta de 64% em relação ao feriado de 2006. O número de acidentes, 306, teve queda de 17%. Enquanto isso, o Rio de Janeiro apresentou redução de 50% no número de mortes e 12% de queda no número de acidentes: nos 186 registrados nas estradas do Estado, três pessoas morreram e 75 ficaram feridas, segundo a Polícia Rodoviária Federal. No Paraná, foram registrados 306 acidentes que deixaram 253 pessoas feriadas e 23 mortes durante o feriado, nos 15 mil quilômetros sob a responsabilidade da Polícia Rodoviária Federal do Estado. Nas estradas federais, foram 135 acidentes com 88 feridos e 6 mortos. No mesmo período de 2006, foram registrados 260 acidentes, que resultaram em 14 mortes. Para a Polícia Militar Rodoviária o aumento nos dados sobre a violência nas estradas teve a contribuição da crise nos aeroportos, o que fez com que mais pessoas optassem pela viagem de carro, aumentando em 7% o movimento nas estradas. O número de autuações teve acréscimo de 83%.

Agencia Estado,

22 Fevereiro 2007 | 09h18

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.