Estradas vão ter esquema especial de Natal

Pelo menos 1 milhão de paulistanos vão deixar a capital entre esta sexta-feira e o dia de Natal. Para reduzir acidentes e a lentidão, as concessionárias que administram as rodovias montaram operações especiais.A Desenvolvimento Rodoviário S.A (Dersa) e o Departamento de Estradas de Rodagem (DER) também têm esquema especial. Esse é o primeiro feriado em que os motoristas que se dirigem às praias poderão testar o novo Sistema Anchieta-Imigrantes. Técnicos da Ecovias evitam fazer previsões, mas acreditam que a nova pista vai diminuir congestionamentos.De acordo com a empresa, entre 285 mil e 395 mil carros devem deixar São Paulo pelo sistema entre zero hora desta sexta-feira e 24 horas do dia 25. Para evitar que veículos quebrados ou acidentes interrompam o trânsito por muito tempo, haverá, ao longo das rodovias, 30 guinchos extras.Pelo Sistema Anhangüera-Bandeirantes, a concessionária Autoban calcula que trafegarão 334 mil carros entre esta sexta e quarta-feira. Os picos de movimento nas duas estradas devem ocorrer entre as 15 e 21 horas desta sexta-feira e entre 7 e 14 horas de sábado. Para evitar demora na maior praça de pedágio, no km 39 da Bandeirantes, será montada a Operação Papa-Fila.Cobradores extras irão percorrer as filas, antes das cabines, recolhendo a taxa.A Viaoeste, responsável pelas Rodovias Castelo Branco e Raposo Tavares, calcula que 242 mil motoristas utilizarão o sistema para deixar a capital durante o feriado. Para evitar transtornos, a empresa aumentará o número de funcionários de apoio ao motoristas ao longo das estradas. Todas as cabines funcionarão nos horários de pico e também haverá Operação Papa-Fila.A NovaDutra, igualmente, promete reforço na equipe de apoio. Todas as obras da Rodovia Presidente Dutra serão paralisadas a partir das 16 horas desta sexta, com exceção das que estão sendo realizadas no km 195,5 (Arujá) e no km 297 (Porto Real - RJ). De acordo com os cálculos da concessionária, 190 mil veículos deixarão São Paulo pela Via Dutra.A Dersa, o DER e a Polícia Militar Rodoviária lançaram, nesta quinta, em conjunto, a Operação Litoral, que vai desta sexta até depois do carnaval. Além do aumento de técnicos e policiais nas Rodovias Carvalho Pinto, Ayrton Senna e Tamoios, será lançada uma campanha de distribuição de folhetos, com o objetivo de reduzir o número de acidentes.Entre 240 mil e 280 mil motoristas deverão usar as três estradas no feriado. Para diminuir o tempo de viagem entre São José dos Campos e o litoral, os acostamentos da Rodovia dos Tamoios foram transformados em duas pistas extras.O coordenador de Operação do DER, Paschoal Vargas Sobrinho, diz que a medida reduzirá a viagem de 6 para 3 horas. Ele garante que isso não aumentará o risco de acidentes. "A estrada estará muito policiada e sinalizada", assegura.A Rodovia Marechal Rondon (SP-300) está interditada desde a noite de quarta-feira, entre Itu e Jundiaí, por conta de um acidente numa ponte sobre o Rio Tietê, no km 101, em Itu. Uma carreta Volvo colidiu com uma retroescavadeira que passava sob a ponte, provocando danos na estrutura da construção, que tem quase 100 anos. A recuperação deve levar de sete a dez dias.

Agencia Estado,

19 de dezembro de 2002 | 23h04

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.