Fábio Motta/AE
Fábio Motta/AE

Estragos da chuva na região serrana do Rio passam de R$ 600 milhões

Déficit obtido pela diferença entre o que foi investido e o que se perdeu é de R$ 205 milhões

Agência Brasil ,

13 Julho 2011 | 02h19

SÃO PAULO - As cifras relativas ao prejuízo causado pela forte chuva que atingiu a região serrana do Rio em janeiro deste ano foram divulgadas nesta terça-feira, 12, pelo Tribunal de Contas do Estado do Rio de Janeiro (TCE-RJ). O déficit obtido pela diferença entre o que foi investido e o que se perdeu é de R$ 205 milhões.

 

O balanço consolidado sobre os investimentos públicos e os prejuízos financeiros na região serrana aponta danos materiais de R$ 614 milhões e investimentos de R$ 409 milhões, sem contabilizar os prejuízos no município de Nova Friburgo, que não havia remetido os valores até o fechamento do material pelo TCE.

 

Segundo o levantamento, o município de Teresópolis informou danos de R$ 460 milhões, seguido por Bom Jardim (R$ 54,4 milhões), Areal (R$ 44,7 milhões), Sumidouro (R$ 27,4 milhões), São José do Vale do Rio Preto (R$ 23,2 milhões) e Petrópolis (R$ 4,6 milhões).

 

O TCE apurou os recursos efetivamente liberados para a região, sendo R$ 216 milhões de fontes estaduais, R$ 156 milhões federais, R$ 31 milhões em doações e R$ 5 milhões municipais, totalizando R$ 409 milhões. A íntegra do relatório pode ser acessada no site do TCE.

Notícias relacionadas

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.