Estudante ameaça colega com pistola em colégio de Manaus

Em depoimento, jovem de 15 anos disse que pagou R$ 500 pela arma, de calibre usado pela polícia

Marcela Gonsalves, Central de Notícias

03 de maio de 2011 | 18h56

SÃO PAULO - Um adolescente de 15 anos surpreendeu os colegas nesta terça-feira, 3, ao entrar com uma pistola na Escola Estadual Josué Cláudio de Souza, na zona leste de Manaus, capital amazonense. Segundo a assessora da Secretaria de Educação, Lúcia Saito, ele ameaçou outro aluno durante o intervalo, por volta das 9h40. Os demais adolescentes que presenciaram a cena ficaram assustados e buscaram ajuda em uma delegacia próxima ao colégio.

 

Os policiais conseguiram deter o garoto, que teve que prestar depoimento. Ele é estudante do primeiro ano do ensino médio e, segundo a diretoria da escola, nunca havia manifestado problemas de comportamento. O adolescente também não tinha passagem pela polícia.

 

Na semana passada, ele chegou a conversar com a diretora após levar uma arma de brinquedo para o colégio. Foi explicado que esse tipo de atitude era terminantemente proibida. Agora, a direção deverá chamar seus pais para esclarecimentos.

 

Em depoimento dado ao investigador Renato Lopes, da Delegacia do Menor Infrator de Manaus, o adolescente revelou que comprou a arma de uma pessoa desconhecida junto com um amigo. Cada um pagou R$500 pela pistola, que tem um calibre usado exclusivamente pela polícia local. Segundo Lopes, a compra teria sido feita para fazer brincadeiras com outros colegas.

 

O estudante responderá por tentativa de homicídio. O caso foi encaminhado ao Ministério Público.

Tudo o que sabemos sobre:
Manausviolência

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.