Facebook/Reprodução
Facebook/Reprodução

Estudante de Medicina é encontrado morto em piscina em festa no RS

Principal hipótese é de que Fernando Zucuni Furlan, de 22 anos, tenha sofrido acidente; colegas são ouvidos pela Polícia Civil

Chico Guevara, Especial para o Estado

02 de dezembro de 2015 | 14h05

PORTO ALEGRE - Um estudante de Medicina da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUC-RS) foi encontrado morto no fundo da piscina de uma casa na zona sul de Porto Alegre, durante festa de fim de ano, na noite desta terça-feira, 1º. Aluno do sexto semestre, Fernando Zucuni Furlan, de 22 anos, foi achado desacordado no encerramento do evento, quando colegas notaram a sua ausência e o procuraram. Eles tentaram reanimá-lo, mas já era tarde.

A 6ª Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), de Porto Alegre, está investigando as causas da morte do estudante.

Furlan era um dos organizadores da festa. A comemoração teve início por volta das 16 horas desta terça-feira e se prolongou até perto da meia-noite.

Preliminarmente, os investigadores da Polícia Civil encaram a morte como acidental. Furlan possuía um corte na cabeça, o que leva a crer que ele tenha escorregado antes de cair dentro d'água. O corpo está passando por necropsia.

O que corrobora com essa versão é o fato de os participantes da festa estarem ingerindo bebidas alcoólicas e brincando perto da piscina, cujo piso em torno estava escorregadio por causa da chuva. Quatro pessoas já foram ouvidas como testemunhas na manhã desta quarta-feira, 2.

Furlan cursava a faculdade em Porto Alegre, mas sua família era do interior do Estado, da cidade de São Vicente do Sul.

Tudo o que sabemos sobre:
PORTO ALEGREPolícia Civil

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.