divulgação/MPRS
divulgação/MPRS

Estudante de medicina é preso por pedofilia no RS 

Suspeito foi preso enquanto fazia plantão em um hospital de Porto Alegre

Luciano Nagel, Especial para O Estado  

19 de setembro de 2017 | 11h47

PORTO ALEGRE - Um estudante do sétimo ano de Medicina foi preso por pedofilia enquanto fazia plantão em um hospital em Porto Alegre. A ação policial ocorreu na manhã desta terça-feira, 19, e contou com a participação de agentes do Ministério Público do Rio Grande do Sul. 

O suspeito, de 27 anos, foi detido em flagrante e conduzido para o Departamento da Criança e do Adolescente da Polícia Civil (Deca).

No apartamento do estudante, localizado na região central de Porto Alegre, foi apreendido um computador contendo mais de seis mil fotografias de crianças e adolescentes em situação de pornografia. Celular e outros equipamentos também foram recolhidos para perícia.

De acordo com o Ministério Público do RS (MP-RS), a investigação começou há cerca de duas semanas, no estado de São Paulo, depois que o pai de um menino de 10 anos encontrou no computador da criança uma troca de conversas entre o filho e um homem.

Registros das conversas foram encaminhados para a Polícia Civil de São Paulo que descobriu um perfil falso e, na sequência, chegou à identidade do estudante, encaminhando o caso ao MP. 

 

Mais conteúdo sobre:
MedicinaPedofilia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.