Estudante é achado morto dentro de república estudantil no Rio de Janeiro

Polícia acredita que jovem de 22 anos foi assassinado enquanto dormia; colega de quarto foi encontrado desacordado na cozinha

Gheisa Lessa, O Estado de S. Paulo

25 Outubro 2012 | 13h23

SÃO PAULO - Um estudante de 22 anos foi encontrado morto, com marcas de facadas, na manhã desta quinta-feira, 25, dentro da república estudantil onde morava no Jardim Botânico, zona sul do Rio de Janeiro. A polícia acredita que o jovem foi assassinado enquanto dormia. O caso é investigado pela Divisão de Homicídios da capital fluminense.

Os moradores da casa acionaram a polícia na manhã desta quinta-feira, 25. Eles disseram que encontraram o corpo do estudante José Leandro Pinheiro, natural do Ceará, na cama, dentro do quarto.

Outro rapaz, que dividia o quarto com Pinheiro e não foi identificado, estava desacordado na cozinha da casa. Ele foi encaminhado para o Hospital Miguel Couto e não há informações sobre o estado de saúde. A polícia aguarda a recuperação do estudante para ouvir seu depoimento.

Oito moradores da casa prestam depoimento na tarde desta quinta-feira, segundo a Polícia Civil. 

Durante perícia realizada no local nesta manhã, foram apreendidas uma pedra e uma faca. Os objetos teriam sido usados no crime.

Mais conteúdo sobre:
República estudante rio

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.