Estudante é baleada dentro de universidade em Belo Horizonte

Segundo a polícia, principal suspeito da tentativa de homicídio é ex-namorado da jovem, ainda não localizado

Solange Spigliatti, do estadao.com.br,

07 de abril de 2008 | 12h13

A aluna de administração Daniele Jaqueline Ramos do Nascimento, de 21 anos, foi baleada na manhã desta segunda-feira, 7, no interior do campus da Universidade de Belo Horizonte, no bairro Estoril, na capital mineira. Segundo informações preliminares da polícia, o principal suspeito da tentativa de homicídio é um ex-namorado da jovem.   De acordo com testemunhas, por volta de 10h30, Daniele recebeu um telefonema e deixou a sala. No corredor do prédio em que estuda, foi surpreendida pelo agressor, que teria disparado pelo menos quatro tiros. Dois tiros - um na cabeça e outro no tórax - atingiram Daniele de raspão. A outra bala ficou alojada no crânio da estudante.   Ela recebeu os primeiros atendimentos de uma equipe do Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu) ainda no interior do campus e foi encaminhada para Hospital de Pronto-Socorro João XXIII.   A assessoria da Fundação Hospitalar do Estado de Minas Gerais (Fhemig) informou que Daniele estava consciente, passou por exames e permaneceu em observação durante a manhã para verificar a necessidade de cirurgia. Havia a possibilidade de ela ser transferida.   Até o início da tarde, o suspeito não havia sido localizado. A Reitoria da universidade divulgou nota lamentando o ocorrido e esclarecendo que o agressor não é aluno da instituição. Segundo o comunicado, o seu acesso às dependências do campus seria apurado com a colaboração das polícias Militar e Civil.   (Colaborou Eduardo Kattah, de O Estado de S.Paulo)   Texto atualizado às 17h20 para acréscimo de informação

Mais conteúdo sobre:
violência

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.