Estudante é baleado na cabeça na escola

O estudante Brunno Lourenço dos Santos Lima, de 12 anos, morador na rua Jussara, na Vila Nambi, em Jundiaí, foi baleado na cabeça, nesta sexta-feira, 5, na quadra poliesportiva da Escola Estadual Deolinda Copeli de Souza Lima. Segundo a diretora Maria Jucineide Vieira Vistaffa, ela foi avisada em sua sala de que havia uma criança ferida na quadra e pediu socorro ao Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU). A equipe chegou na escola em minutos e entubou o garoto, iniciando o processo para salvamento de Brunno. Aos poucos a notícia se espalhou pelo bairro e pais desesperados começaram a chegar na escola, para buscar os seus filhos.TiroDe acordo com a Polícia Militar, a criança levou um tiro na cabeça quando brincava na quadra. Os alunos falavam que ele tinha caído de repente. Outros contaram que foi um estudante, que correu para a classe em seguida, levando um revólver pequeno nas mãos.Várias viaturas do 49º. Batalhão passaram a fazer rondas no bairro, na tentativa de localizar o autor do crime. A mãe de Brunno, grávida de nove meses, está em estado de choque no Hospital São Vicente de Paulo.Segundo a diretora Maria Vistaffa, Brunno é um aluno comum e não era problemático na sala de aulas. Ela diz que dentro do colégio não ocorrem problemas de violência. Porém, segundo a Polícia Militar a região é perigosa, por causa da influência dos traficantes que tentam "arrancar os garotos" para atuarem na venda de drogas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.