Estudante é esfaqueado por colega em MG

O estudante W.V., de 17 anos, foi internado em estado grave no Hospital João XXIII, centro de Belo Horizonte, depois de receber dez facadas de um colega de escola, na periferia da capital. Segundo testemunhas, J.P.M, de 16, o agressor, e W., alunos da 8ª série, haviam brigado na segunda-feira, depois de uma "guerra de bolinhas de papel", em sala de aula. Os dois foram suspensos por três dias pela diretora. Na manhã de sexta-feira, os dois reapareceram. A diretora contou que J. chegou atrasado e pulou o muro do pátio, armado com a faca. Esperou W. em um corredor, pegou-o de surpresa e atacou. "Outros alunos assistiram à cena e ficaram chocados, o que nos levou a cancelar as aulas por tempo indeterminado", disse a diretora. J. fugiu do local e, até o final da tarde, não havia sido encontrado pela polícia. A vítima sofreu uma cirurgia e até no final da tarde seu estado ainda era considerado crítico.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.