Estudante é morta com tiro na saída da escola em SP

Ao sair da aula, por volta das 23h00 da noite desta quinta-feira, a estudante Tânia Pereira Saraiva dos Santos, de 17 anos, foi surpreendida por um tiroteio. Em frente do número 200 da Rua Serra de São Domingos, em Itaquera, na Zona Leste da cidade, um traficante da Favela do Jacó disparava contra dois irmãos por causa de dívidas de drogas. A garota tentou correr para uma viela lateral, mas foi atingida no peito. Além de Tânia, também morreu Michel Marques da Silva, de 18 anos.A estudante e rapaz não se conheciam. Ambos foram socorridos ao Hospital Santa Marcelina, onde o rapaz, baleado na cabeça, já chegou morto. Tânia foi levada à UTI, mas morreu no início da madrugada. Alex Marques da Silva, de 19 anos, irmão de Michel, foi atingido por um tiro na mão. Depois de medicado ele compareceu ao 53 º DP Parque do Carmo.Alex prestou depoimento ao delegado Walter Pereira César e apontou, como autor dos disparos, o traficante "Neguinho", morador na mesma favela que ele. Alegou desconhecer o motivo, mas admitiu ser usuário de crack e de maconha e acredita que o irmão estava devendo ao fornecedor. Policiais da região procuram pelo criminoso.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.