Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Estudante é morta na porta da escola em Osasco (SP)

A adolecente Genne Kelly Correia Leite, de 17 anos, foi assassinada por volta das 20h da quarta-feira, em frente à E.E.P.S.G. Professor Oguiomar Ruggeri, em Osasco, na Grande São Paulo. Apesar de estar fora da escola, a jovem aguardava pelo início da segunda aula quando foi surpreendida por um homem que usava um capacete vermelho. A pé, o criminoso aproximou-se de Genne Kelly, tomou dela o aparelho celular e atirou. A vítima estava na calçada ao lado de duas amigas, que, a princípio, não perceberam que a estudante havia sido baleada. Mesmo levada por colegas para o Pronto-socorro do Jardim Santo Antonio, Genne não resistiu e morreu. O assassino continua foragido e, como estava de capacete, será impossível fazer o retrato-falado dele. Segundo o que a polícia apurou, há cerca de seis meses um namorado de Genne foi morto a tiros. A hipótese de latrocínio - roubo seguido de morte - é a menos provável segundo a polícia, que trabalha com a idéia de acerto de contas ou então crime passional. O caso foi registrado no 01º Distrito Policial de Osasco.

Agencia Estado,

16 de setembro de 2004 | 03h48

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.