Estudante é morto a tiros na saída da escola

André Roberto Leon, 15 anos, andava preocupado ejá havia pedido várias vezes para o inspetor de alunos da escola Primo Ferreira que o acompanhasse ao ponto de ônibus. E ele acabou sendo assassinado com dois tiros por volta das 18 horas de segunda-feira perto do colégio, logo depois da aula.Reservado, ele não comentava seus problemas com amigos e familiares, que sabiam apenas que ele tinha rompido recentemente um namoro.O adolescente estava no primeiro ano do colegial, havia se transferido este ano para o Primo Ferreira e o crime chocou alunos e professores. Hoje, policiais do 2º Distrito Policial de Santos passaram o dia todo em investigações e no final da tarde a única informação é de que o avanço havia sido grande e que o crime está perto de ser desvendado. Não foi confirmada nenhuma prisão até o final da tarde, mas a expectativa é de que o criminoso seja apresentado amanhã à tarde. Os policiais fizeram um levantamento da vida de André Roberto Leon e passaram a investigar todas as pistas e,principalmente, a hipótese de vingança. O corpo do estudante foi enterrado às 17 horas no cemitério do Saboó, em Santos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.