Estudante é morto na porta da escola em SP

O estudante Douglas Moreira Custódio, 19, foi morto ontem à noite depois de sair da escola, em Cidade Dutra, zona sul de São Paulo. Douglas teve uma discussão com os irmãos Marcelo e Anderson Augusto Domingues Nunes, de 20 e 18 anos, respectivamente. Um dos irmãos sacou uma arma e disparou para o alto, mas Douglas desafiou o rapaz, que acabou disparando contra o estudante. Ele morreu enquanto era socorrido no pronto-socorro do Hospital Unisa.Os irmãos, que estavam em uma moto, fugiram e se esconderam na na própria residência, no Jardim das Embuias. Mas como são conhecidos, testemunhas indicaram seu endereço para os policiais. Quando a polícia chegou à casa dos criminosos, ambos estavam dormindo. Foram presos sem resistência. A polícia também encontrou com eles a arma utilizada e ambos foram autuados em flagrante. Segundo Marcelo e Anderson, a discussão foi motivada pelo fato de Douglas ter mexido com a namorada de um deles. Durante o tiroteio, um bala perdida feriu de raspão o braço do estudante Rafael Abrunheiro Hessel, de 16 anos. Ele foi medicado no mesmo hospital em que Douglas morreu e liberado em seguida.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.