Estudante gaúcha procurada por estelionato é presa em SP

Uma estudante gaúcha foi presa em um flat na região dos Jardins, zona sul de São Paulo, no início da manhã desta segunda-feira, 9. De acordo com a Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo (SSP), Rosinara Schutz da Silva, de 22 anos, pertencia a uma quadrilha responsável por golpes que teriam rendido R$ 3 milhões e era procurada pela polícia gaúcha por estelionato. Os investigadores da Delegacia de Roubos e Extorsões do Departamento de Investigações sobre Crime Organizado (Deic)prenderam Rosinara após uma denúncia. Ela ocupava um apartamento no flat Transamérica, na Alameda Santos, com direito a carro de luxo e academia de ginástica. A estudante vivia em São Paulo desde o final de fevereiro, quando parte da quadrilha foi presa na Praia do Jurerê, em Santa Catarina, por policiais da Delegacia de Roubo de Carga e Defraudações do Rio Grande do Sul. Os integrantes do bando se disfarçavam de agentes da Financiadora de Estudos e Projetos do Ministério da Ciência e Tecnologia (Finep) e aplicavam golpes. Pelo menos seis empresas do Rio Grande do Sul, incluindo um hospital e uma universidade, foram vítimas do grupo, que acumulou cerca de R$ 3 milhões com as fraudes. Rosinara deve ser transferida por policiais gaúchos ainda nesta tarde.

Agencia Estado,

09 Abril 2007 | 15h30

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.