Estudantes da GV processarão responsáveis por fotos em festa

O Diretório Acadêmico Getúlio Vargas (DAGV), anunciou hoje, em nota divulgada para os alunos e para a imprensa, que vai tomar "todas as medidas extrajudiciais e judiciais" para localizar e punir os responsáveis pela divulgação, através da Internet, de fotos que teriam sido tiradas durante festa promovida pelo diretório, dia 7 de setembro, e que mostra vários estudantes em cenas de sexo.As fotos têm circulado desde o dia 11 pelo correio eletrônico e ficaram expostas, nos últimos dias, na página da Internet www.fodaseagv.hpg.ig.com.br. A página foi retirada do ar no final de hoje, por iniciativa do próprio provedor. O advogado especializado em crimes na Internet, Renato Ópiceblum, afirmou que é "relativamente fácil" localizar os autores da divulgação."Quem veiculou isso pode ser processado por crime de calúnia, injúria, difamação e, ainda, por danos morais que envolve condenações pesadas", afirmou Ópiceblum. "Os que estiverem transmitindo as fotos por e-mail cometem os mesmos crimes e estão sujeitos às mesmas penas."É a seguinte a integra da nota divulgada pelo diretório: "O Diretório Acadêmico Getúlio Vargas, tendo em vista os fatos ocorridos na data de 11 de Setembro do corrente ano, o qual se consubstancia na exibição de fotos supostamente tiradas na XV Giovanna, realizada na data de 7 de Setembro, vem a toda a comunidade geveniana, juntamente com os fotógrafos profissionais e oficiais do evento, esclarecer que nada tem a ver com tais fatos, quer seja na produção das fotos, na exibição e veiculação das mesmas, por qualquer tipo de mídia, sendo certo que serão tomadas por esta entidade acadêmica todas as medidas extrajudiciais e judiciais nas esferas cível e criminal cabíveis".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.