Estudantes e prefeitura de Salvador chegam a acordo

Líderes estudantis e a prefeitura de Salvador chegaram a um acordo no inicio da noite desta quarta-feira. O prefeito Antonio Imbassahy (PFL) assinou decreto congelando o valor da tarifa de R$ 1,50 por um ano.Além disso, enviou projeto para a Câmara aprovado hoje mesmo, estendendo o passe estudantil para todos os dias do ano, inclusive finais de semana e férias, e garantindo o mesmo direito para alunos de cursos supletivos e de pós-graduação que não tinham o benefício. O desafio dos líderes do movimento agora é convencer os estudantes a abandonar nesta quinta-feira as manifestações e os bloqueios das ruas.O presidente da Associação dos Estudantes Secundaristas de Salvador Roque Peixoto apelou através das emissoras de televisão para que os colegas não bloqueiem mais as ruas até a assembléia. Outro líder, Augusto Vasconcelos disse que estudantes conquistaram benefícios.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.