Estudantes ingleses visitam as favelas do Rio

A elite britânica se encontrou nesta quinta-feira com a favela carioca. Cerca de 50 alunos de escola secundária Dragon School Oxford, professores e pais de alguns deles visitaram o morro de Cantagalo, entre Copacabana e Ipanema, na zona sul, para conhecer o estilo de vida e os trabalhos sociais desenvolvidos pelo grupo AfroReggae.Eles passearam pelas ruelas e becos e assistiram a uma apresentação do grupo Tribo Negra, de Vigário Geral, favela da zona norte, e dos alunos da escola de circo Levantando a Lona. Oxford é a cidade-sede da mais importante universidade britânica, onde os governantes e nobres daquele país estudam. A Dragon foi fundada para os filhos dos professores da universidade, mas eles terminam ficando lá para o curso superior. ?Esses meninos são os futuros governantes do mundo e precisam conhecer outras realidades além da que têm em casa?, disse o coordenador do grupo, o professor de inglês David Gill. Ele visita o Brasil pela terceira vez e já levou os alunos a Calcutá, na Índia, e Soweto, na África do Sul.As crianças inglesas e brasileiras se falaram por gestos, trocaram informações sobre jogos eletrônicos e futebol, mas os visitantes ficaram quietos durante o show. ?Os ingleses são educados para não demonstrar suas emoções?, disse um dos pais. ?Mas estão adorando o show, senão já tinham começado a se mexer.? O grupo, com 86 pessoas, fica no Rio até a quarta-feira, com visitas programadas a Vigário Geral, Maracanã e Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense.O calor brasileiro foi o que eles mais gostaram. ?Aqui é muito quente e as pessoas são muito calorosas ?, disse Woody Dewar, de 13 anos. ?Aqui é muito diferente da Inglaterra, muito melhor do que a gente imaginava.?

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.