Estudantes invadem prédio da USP no centro de São Paulo

Cerca de cem jovens do chamando Movimento dos Sem-Universidade invadiram um prédio da Universidade de São Paulo (USP), onde funciona o Grupo Interdisciplinar de Estudos sobre o Álcool e Drogas (GREA), recém instalado no local. O prédio fica na rua Major Diogo, no centro de São Paulo. Segundo a assessoria de imprensa da USP, os manifestantes reivindicam a demissão do ministro da Educação, Paulo Renato Souza, a transformação do Complexo do Carandiru em uma universidade e mudanças no sistema de avaliação do vestibular.Eles teriam prometido à reitoria da USP deixar o prédio até as 15 horas, mas não cumpriram o combinado. A assessoria da USP informou que entrará em contato com a Secretaria de Segurança Pública para que tome as providências para a desocupação do prédio.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.