Estudantes lincham garçom em Porto Seguro

A polícia baiana prendeu um grupo de sete estudantes acusados de linchar o garçom Nelson dos Santos, em Porto Seguro, extremo-sul do Estado, na madrugada de sexta-feira. Os cinco universitários autuados em flagrante vão responder por crime de homicídio qualificado e dois menores integrantes do grupo foram encaminhados ao Ministério Público. A delegada de polícia Antônia Valadares, responsável pelas investigações, apurou que os estudantes de Brasília espancaram o garçom até a morte, no restaurante Sabor do Sul, localizado na chamada Passarela do Álcool, um dos pontos mais visitados de Porto Seguro, e onde se concentra grande parte dos bares da cidade.De acordo com Antônia, o garçom pediu aos rapazes que deixassem a mesa. Testemunhas afirmam que a mesa estaria reservada para outros clientes. Mas os estudantes podem também ter irritado o garçom por ocuparem o espaço sem nada consumir, originando uma discussão.Inconformado com o pedido do garçom, o bando partiu para o espancamento. Artur Alencar Ferreira de Melo, 19 anos; Fernando Ferreira Von Sperling, 19; Mauro Coelho de Souza, 19; Thiago Barroso Marnet, 18; Victor Tadeu Antunes Araújo, 19; e os menores A.P.M. e F.M.R., ambos de 17 anos, agrediram o garçom com socos, pontapés e cadeiradas.Os jovens, segundo relatos colhidos pelo jornal Correio Braziliense, estavam consumindo uma bebida local de alto teor alcoólico, batizada Capeta, vendida por ambulantes.Enquanto os agressores fugiam do local, os colegas do garçom ferido providenciaram sua remoção para o Hospital Luís Eduardo Magalhães, mas os médicos não conseguiram estancar a hemorragia interna.A polícia prendeu dois estudantes ainda no local do crime, outros dois foram detidos no hospital, porque tiveram pequenos ferimentos no massacre, e mais três acusados estavam no Hotel Taperapuã, onde estavam hospedados desde o feriado do dia 12.Familiares do sete jovens brasilienses embarcaram hoje para Porto Seguro, acompanhados de advogados. Os rapazes integravam uma excursão de 95 estudantes de Brasília. Quinze mil turistas, na maioria estudantes, lotaram a cidade para aproveitar a Semana do Saco Cheio, nome conhecido nas escolas para o período de 12 a 15 de outubro, quando são emendados dois feriados. O retorno da excursão estava previsto para ontem.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.