Estudantes protestam diante do consulado dos EUA no Rio

Com bandeiras da Palestina e do Iraque, aproximadamente cem estudantes da rede pública, alguns com o rosto coberto, protestaram contra a guerra, nesta sexta-feira, em frente ao Consulado Geral dos Estados Unidos, no centro. A representação diplomática foi protegida por dezenas de PMs.Os manifestantes gritaram palavras de ordem contra o presidente George W. Bush, a quem chamavam de ?assassino?, e queimaram uma bandeira dos EUA. Antes de irem para o consulado, eles se reuniram em frente à Câmara Municipal, na Cinelândia. Uma faixa com a palavra ?Paz? foi colocada na fachada do prédio. Outra pedia o fim da ?guerra imperialista? contra o Iraque.Uma nova manifestação antiguerra, esta na praia de Ipanema, está prevista para este sábado. Segundo os organizadores, será um protesto bem-humorado, com a participação de prostitutas, hare krishnas, artistas e o grupo musical Afoxé Filhos de Gandhi. Veja o especial :

Agencia Estado,

28 de março de 2003 | 19h03

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.