Estudantes são presos em escola de MT com armas e bebida

Três estudantes menores foram presos nesta sexta-feira numa escola particular em Tangará da Serra, região norte de Mato Grosso, com dois revólveres, uma pistola, munição, canivete, um instrumento usado em artes marciais e uma seringa. As armas estavam em poder dos alunos em horário de aula, quando estudantes de várias escolas do município participavam dos jogos estudantis, que estavam sendo realizados na Associação Tangaraense de Educação e Cultura (Etec). A direção da escola chamou a polícia como precaução porque desconfiava de que alguns alunos estavam consumindo bebida alcoólica enquanto assistiam aos jogos. Logo que os policiais iniciaram a revista em alguns alunos foi constatado que os adolescentes estavam tomando cachaça com guaraná. A polícia só desconfiou de que alguma coisa estava errada quando os menores M.A. (17), T.F. (15), F.C.C. (14) se recusaram a se deixar revistar. Nas mochilas dos menores foram encontrados um revólver Rossi calibre 38 com cinco munições, uma pistola Taurus PT-SL 6.35mm com sete munições, um revólver calibre 32, três recipientes contendo bebida alcoólica, uma seringa, um "nunchaco" (dois bastões unidos por uma corrente), um canivete e dois coldres. A diretora da Atec, Kátia Maria Beck, informou que a direção da escola desconfiou de alguns grupos de alunos que portavam garrafas de refrigerantes de dois litros e se juntavam constantemente. A partir daí, a direção solicitou a presença da Polícia Militar para proceder a averiguação. "Fatos isolados como este são passíveis de acontecer, e nós estamos sempre atentos à conduta de nossos alunos, tanto é que partiu da direção da escola a solicitação de averiguação por parte da Polícia Militar", disse ela.

Agencia Estado,

06 Junho 2003 | 17h30

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.