Estudantes tumultuam Assembléia Legislativa de SP

A chegada de cerca de 500 estudantes, segundo estimativa da polícia e de lideranças estudantis, provocou tumulto no plenário da Assembléia Legislativa de São Paulo. Pelo menos 40 estudantes não credenciados invadiram o plenário, mas a polícia informou que a situação agora está sob controle. Os estudantes vieram para participar da votação do projeto que prevê a criação de duas universidades públicas, uma na zona leste e outra na região do ABC. O projeto foi vetado há cerca de seis anos pelo governo estadual e a expectativa dos estudantes é de que ele seja aprovado agora, informou o diretor de escolas públicas da União Brasileira de Estudantes Secundaristas (Ubes), Diógenes Cavalheiro Sales. "Estamos nos mobilizando para que esse projeto seja aprovado de uma vez", disse. Segundo ele, os estudantes participaram pela manhã de um ato unificado na Avenida Paulista, com servidores federais e professores, para depois seguirem para a assembléia.Além da UBES, estão presentes também líderes da União Paulista de Estudantes Secundaristas (Upes), União Nacional dos Estudantes (UNE) e União Estadual dos Estudantes (UEE). A sessão no plenário deve começar logo mais, às 15 horas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.