''Eu tenho pay per view; vou ver o jogo em casa, não tem problema nenhum''

Romário, DEPUTADO (PSB-RJ)

Eduardo Bresciani / BRASÍLIA, O Estado de S.Paulo

14 Abril 2011 | 00h00

Autor da ideia de incluir o superclássico espanhol entre Real Madrid e Barcelona na agenda de uma viagem oficial da Câmara, o deputado e ex-jogador de futebol Romário (PSB-RJ) desistiu de participar da missão na Espanha porque precisou antecipar uma cirurgia no ombro.

Sem Romário na comitiva, o presidente da Câmara, Marco Maia (PT-RS), e o primeiro-secretário, Eduardo Gomes (PSDB-TO), decidiram pagar do próprio bolso os gastos com a viagem, que começou ontem e vai até domingo. Ao Estado, Romário afirmou não ver problema de parlamentares assistirem ao jogo, se cumprirem os outros compromissos da agenda. Disse ainda que mesmo à distância não vai perder o jogo: "Eu tenho pay per view, vou ver em casa".

Porque o sr. não vai mais na viagem?

Vou fazer uma operação no ombro. A operação estava marcada para quinta-feira que vem, estava marcada fazia uns 45 dias, e a gente não viu que ia ser feriado, aí a gente antecipou. Também teve muito bafafá, muita conversa fiada, então a melhor decisão foi essa, de não ir. Espero que a viagem deles seja boa e que possam trazer coisa boa para cá.

Como foi que entrou o jogo na agenda?

Na verdade, essa coisa do jogo eu ouvi durante os últimos seis, sete dias. Talvez, se eu estivesse em Madri no dia do jogo e a gente já tivesse cumprido o nosso objetivo que é o da missão oficial, eu poderia ter ido ao jogo. Não tem como dizer se ia ou não, mas não vejo nenhum problema em ir ao jogo já que a gente ia estar lá. E vai ser um grande jogo. Menos mal que o próprio presidente e os outros já assumiram que não vai ter nenhum gasto para o contribuinte, vai ser tudo pago do próprio bolso.

Mas o senhor ficou chateado de não poder ver o jogo?

Não, eu tenho pay per view; vou ver o jogo em casa, não tem problema nenhum.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.