Europeus enaltecem competência administrativa

Líderes políticos e partidários e organizações internacionais foram unânimes ao saudar ontem, na Europa, a vitória de uma mulher nas eleições do Brasil. Da União Europeia a partidos socialistas, a presidente eleita, Dilma Rousseff, foi enaltecida por sua competência administrativa.

Andrei Netto, De Paris, O Estado de S.Paulo

02 Novembro 2010 | 00h00

Em nota oficial, o presidente da Comissão Europeia, o português José Manuel Durão Barroso, cumprimentou o Brasil por sua escolha, que teria "significado histórico". Dois outros compatriotas de Barroso, o presidente de Portugal, Cavaco Silva, e o primeiro-ministro, José Sócrates, também parabenizaram a brasileira. Cavaco Silva se disse confiante de que no governo de Dilma será possível aprofundar a relação estratégica entre os dois países. Na Espanha, o presidente de governo, José Luis Rodríguez Zapatero, já havia felicitado Dilma na noite de sua vitória.

Na França, depois do presidente Nicolas Sarkozy e do ministro das Relações Exteriores, Bernard Kouchner, "tenores" do Partido Socialista (PS) vieram a público elogiar Dilma. "A companheira de Lula encarna a esquerda que funciona, ao mesmo tempo responsável e moderna", disse Martine Aubry, secretária-geral do partido. Já o prefeito de Paris, Bertrand Delanoë, reforçou "a grande obra de Lula a serviço do progresso e da melhor divisão de riquezas" e desejou sorte ao Brasil.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.