Evangélicos invadem igreja e destroem imagens de santos

Um suspeito acabou preso e alegou ter feito por não acreditar na idolatria às estátuas; ocorrência foi em templo de Sacramento (MG)

Rene Moreira, Especial para O Estado

17 de julho de 2014 | 13h17

SÃO PAULO - Por causa de religião, dois jovens evangélicos invadiram a igreja matriz, no centro de Sacramento, em Minas Gerais, e destruíram oito imagens de santos nesta quarta-feira, 16. Um dos rapazes, de 20 anos, foi localizado e alegou ter feito isso por não concordar com a idolatria às estátuas comum na Igreja Católica. Ele foi autuado e foi preso. Outro suspeito fugiu e está sendo procurado.

O ataque revoltou os católicos da cidade, pois um dos alvos foi a imagem de Nossa Senhora do Patrocínio do Santíssimo Sacramento, tombada pelo Patrimônio Histórico e que aguardava data de coroação no Vaticano.

A prefeitura local divulgou uma nota lamentando a "violência religiosa".

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.