Ex-banqueiro diz ter feito remessa em nome da empresa

O ex-banqueiro Oskar Holenweger confirmou ter feito transferências de recursos em nome da empresa francesa para o exterior. Em julgamento num tribunal suíço iniciado nesta semana, ele negou as acusações de lavagem de dinheiro e de caixa 2. Insistiu ter agido "sob o mandato da Alstom" e alegou que na época estava convencido de que as transferências eram legais.

Jamil Chade, O Estado de S.Paulo

13 Abril 2011 | 00h00

A Justiça suíça o acusa de ter se utilizado de notas falsas, contratos fictícios com supostos consultores e empresas de fachada em paraísos fiscais para desviar recursos da Alstom para o pagamento de propinas no Brasil. A acusação no processo em julgamento não é contra a Alstom, mas contra o ex-banqueiro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.