Ex-big brother deixa a cadeia

O empresário Edilson Buba, ex-participante do Big Brother Brasil 4, foi solto por volta do meio-dia desta sexta-feira após passar 94 dias preso, sob acusação de tráfico de drogas. Na quinta-feira, a promotora Márcia Isabele Graf Beninca manifestou-se pelo relaxamento da prisão, alegando que as provas ainda não são conclusivas. Mais diligências foram solicitadas pelo Ministério Público. Buba foi preso no dia 26 de abril, no aeroporto Afonso Pena, em Curitiba, quando retirava uma bolsa do guarda-volumes, onde estavam 18 comprimidos de ecstasy e 18 gramas de maconha. O ex-big brother alega que a droga era para uso próprio. Recebido por vários parentes ao sair da cadeia, ele chegou a distribuir autógrafos. Ele falou pouco com os jornalistas, dizendo que seria marcada uma entrevista coletiva. "Não é o momento para falar para todo mundo a respeito de tudo o que aconteceu. Preciso ir para casa ver meus pais, meus amigos", disse. Ele continua respondendo ao processo em liberdade.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.