Ex-combatente do Vietnã detido com cocaína em Cumbica

Policiais federais e agentes da Receita Federal, que juntos integram a Força-Tarefa, grupo que atua há um ano e meio no Aeroporto Internacional de São Paulo, em Guarulhos, detiveram, às 20h de ontem, o comerciante californiano Ruben Martinez, de 53 anos, ex-combatente do Vietnã, quando este preparava-se para embarcar com oito quilos de cocaína em um vôo da Swisair, com destino à Pristina, na Iugoslávia, e escala em Zurich, na Suíça. A droga estava em frascos de creme de barbear e garrafas de vinho, tudo escondido nas armações falsas das malas de viagem. O norte americano será indiciado por tráfico internacional de drogas e pode pegar uma pena que varia de cinco a 15 anos de reclusão. Esse é o quarto flagrante que a Força-Tarefa faz em menos de uma semana em Guarulhos. "No sábado, apreendemos cem mil e quatrocentos pontos de LSD, a maior apreensão deste tipo de droga já ocorrida no País", disse o delegado Wágner Castilho, da Polícia Federal. Em um ano e meio de atuação em Cumbica, a Força-Tarefa já apreendeu 1.100 quilos de cocaína, 15 quilos de heroína, 10 mil cápsulas de êcstase e 100.400 pontos de LSD.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.