Ex-coordenador da Lei Seca é denunciado por atropelamento em Niterói

MP fez denúncia por homicídio doloso, lesão corporal e omissão de socorro

Solange Spigliatti, estadão.com.br

12 Outubro 2011 | 09h21

SÃO PAULO - O ex-Subsecretário Estadual de Governo do Rio e ex-Coordenador da Operação Lei Seca, Alexandre Felipe Vieira Mendes, foi denunciado nesta terça-feira, 11, por homicídio doloso, lesão corporal e omissão de socorro. Mendes é acusado de ter atropelado quatro pessoas, em momentos distintos, na noite do último dia 25 de agosto, em Niterói, no Rio.

De acordo com a denúncia, distribuída à 3ª Vara Criminal, Mendes dirigia um veículo Pajero, em "ziguezague", quando atropelou Silvana Braga de Souza e seus dois filhos, de 5 e 2 anos, em Itaipu, Niterói. Na mesma noite, o denunciado atropelou Ermínio Costa Pereira, de 58 anos, que morreu de politraumatismo e traumatismo cranioencefálico.

O ex-Subsecretário deixou os locais dos dois acidentes sem prestar socorro às vítimas. Ele acabou batendo num poste e fugiu. De acordo com os laudos periciais e testemunhas ouvidas durante as investigações, foi constatado que Mendes dirigia em alta velocidade e sob efeito de álcool.

O Ministério Público determinou, ainda, a instauração de inquérito policial junto à 81ª DP para apurar a prática de crimes de tráfico de influência e favorecimento pessoal por parte de pessoas próximas ao denunciado na época do acidente.

Mais conteúdo sobre:
lei secaatropelamento.rio

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.