Ex-jogador reconstitui morte de namorada

O ex-jogador de futebol Janken Evangelista Ferraz, de 29 anos, que confessou ter matado a ex-namorada Ana Cláudia Melo a facadas, em 22 de março, e ter fugido com o filho do casal, participou ontem da reconstituição do crime, no local onde ela morava, na zona sul da cidade. Segundo o promotor Marcelo Rovere, o goleiro do Santos, Fábio Costa, será ouvido no dia 21, no Fórum da Barra Funda. Na data, será definido se Janken vai a júri.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.