Ex-ministro saiu do imóvel e afirma que desconhecia o dono

O criminalista José Roberto Batochio, que defende Antonio Palocci, disse que o ex-ministro da Casa Civil alugou o apartamento de Moema, na zona sul de São Paulo, por meio de uma imobiliária. Segundo ele, Palocci desconhecia que Gesmo Siqueira dos Santos fosse o proprietário. Batochio anotou que Palocci desocupou o imóvel do colega de partido quando terminou o contrato de locação, em 30 de julho.

O Estado de S.Paulo

19 Outubro 2011 | 03h01

Gesmo apresentou defesa em 49 processos criminais em andamento. Segundo seus advogados, isso provaria que ele está comprometido em não fugir das acusações feitas pelo Ministério Público Estadual. A defesa do advogado alega que os antecedentes de Gesmo, que afirma ter "ocupação honesta", não trariam nenhum indicativo de ele ser um risco para a ordem pública e econômica. / F.M. e M.G.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.