Ex-miss Brasil é localizada em Londres pela Polícia Federal

A ex-miss Brasil Taiza Thomsen Severina foi localizada nesta segunda em Londres, informou a Polícia Federal de Joiville em nota divulgada nesta noite. De acordo com o delegado da PF que investiga o caso, Marcos David Salem, Taiza entrou em contato, de forma espontânea, informando que está bem e que não desejava ser encontrada, nem mesmo por seus pais. Segundo Salem, foi comprovado, inclusive pelos pais da ex-miss, que a pessoa que entrou em contato é mesmo Taiza. A PF informa que, após dez dias de investigações, após uma denúncia apresentada pelos pais da jovem, que não tinham contato com ela há seis meses, ficou comprovado que Taiza foi espontaneamente para Londres e que, "segundo seu relato, ali permanece, não desejando ser incomodada por ninguém, não demonstrando estar coagida, sendo um direito seu manter-se isolada".

Agencia Estado,

05 Fevereiro 2007 | 20h50

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.