Ex-miss Brasil está viva e em Londres, diz ONG

A ex-miss Brasil Taiza Thompsen teria sido vista no dia 23 de janeiro em Londres. A informação foi confirmada à BBC Brasil nesta segunda-feira, 5, por Carlos Mellinger, presidente da ONG Associação Brasileira no Reino Unido (Abras). A entidade está distribuindo cartazes da ex-miss em locais freqüentados pela comunidade brasileira para tentar localizá-la. "Após distribuirmos alguns cartazes, recebemos uma ligação no sábado (3 de fevereiro) de uma pessoa que disse ter visto a Taiza em um estabelecimento 11 dias antes", afirmou Mellinger. "Segundo ela (a pessoa que ligou), Taiza estaria muito bem vestida, aparentando boa saúde, sem parecer nervosa (?) Não posso revelar muito mais agora, mas ela está viva e em Londres." Mellinger afirmou ainda que espera fazer contato com a ex-miss brasileira em breve. Mellinger afirmou que o local onde Taiza teria sido vista não é um estabelecimento ligado à indústria do sexo. Também nesta segunda, o dono de um clube de strip-tease londrino afirmou à BBC Brasil ter contatado a polícia dizendo que Taiza trabalhou como dançarina em sua boate por cerca de dois meses no ano passado. Vergonha ou coerção Mellinger já entrou em contato com a polícia para passar as informações e disse que os investigadores estão cogitando duas hipóteses para explicar o desaparecimento. "Ou ela está envergonhada de ter fracassado na tentativa de internacionalizar sua carreira de modelo ou ela está sendo vítima de coerção." O presidente da Abras afirmou ainda que fez contato com a família de Taiza no Brasil e que recebeu a informação de que um homem, que fala apenas algumas palavras em português, estaria ligando para dizer que ama a ex-miss. Segundo o presidente da Abras, a polícia estaria também trabalhando com a possibilidade de que esse homem esteja envolvido de alguma forma no desaparecimento de Taiza. Taiza ficou em segundo lugar no concurso Miss Brasil 2002, mas ganhou o título após a vencedora, Joseane Oliveira, admitir que era casada, o que é proibido pelo regulamento da competição. No dia 25 de janeiro deste ano, a família da ex-miss anunciou que ela estava desaparecida.

Agencia Estado,

05 Fevereiro 2007 | 17h33

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.