Ex-miss foi dançarina de strip-tease em Londres

A ex-miss Brasil, Taiza Thomsen, 24 anos, trabalhou como dançarina de strip-tease na boate Sunset Strip no centro de Londres, segundo Tony Curran, proprietário do estabelecimento. "Ela trabalhou aqui por cerca de oito semanas até setembro", disse Curran à BBC Brasil. "Eu tentei entrar em contato com ela algumas vezes, quando ela começou a faltar, mas ninguém atendia minhas chamadas. Fiquei surpreso quando vi, há poucos dias, a fotografia dela na capa de um jornal", afirmou. O empresário disse ainda já ter entrado em contato com a polícia. "Falei o que sabia". Segundo o site da boate, que registrou a notícia do desaparecimento, Taiza usava o nome artístico de Sol. O proprietário da Sunset Strip ressaltou que Taiza trabalhou na boate apenas como dançarina de palco. Ou seja, não atendia clientes nas mesas ou individualmente em quartos. "Não havia nenhum contato físico com os clientes no trabalho dela", disse Curran. Segundo ele, algumas brasileiras ainda trabalham no local, que fica no bairro do Soho, conhecido por abrigar casas de strip-tease. Uma dessas brasileiras, identificada como Vânia, disse ter conhecido Taiza. "Ela é uma pessoa alegre e não veio para cá apenas para ganhar dinheiro. Ela queria estudar inglês", disse. "Pelo que sei, ela não tinha namorado. Todas nós conversamos muito sobre esses assuntos e eu saberia", acrescentou. A boate Sunset é considerada uma das mais tradicionais de Londres, funciona desde os anos 60. Investigações No fim de janeiro, a família de Taíza revelou que a ex-miss estaria desaparecida desde setembro e que existiam fortes indícios sugerindo que ela teria feito este último contato de Londres. Na quinta-feira, a Polícia Federal confirmou que Taiza embarcou no dia 16 de abril em um vôo para Londres. A família da ex-miss já havia revelado ter recebido algumas ligações telefônicas, no segundo semestre de 2006, de um homem que afirmava que Taiza estaria na capital britânica. Em inglês, ele se apresentava como um ex-namorado e dizia que Taiza estaria correndo perigo na capital britânica. Taiza ficou em segundo lugar no concurso Miss Brasil 2002, mas ganhou o título após a vencedora, Joseane Oliveira, admitir que era casada, o que é proibido pelo regulamento da competição.

Agencia Estado,

05 Fevereiro 2007 | 12h33

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.