Ex-PM teria contratado assassinos de psicóloga

O ex-sargento da Polícia Militar Claudemir Macario dos Santos, de 57 anos, recebeu R$ 10 mil para contratar os dois assassinos da psicóloga e ex-professora da Universidade Federal de São Paulo Renata Novaes Pinto, segundo a Polícia Civil. O crime aconteceu no dia 6 de novembro de 2008, na Vila Madalena, zona oeste. Além do ex-PM, estão presos outros três homens acusados de participar do crime. O mandante ainda é desconhecido. O delegado da 3ª Seccional, Jorge Carrasco, assegurou que o crime foi encomendado e está relacionado ao consultório da vítima. Trata-se da mesma hipótese cogitada inicialmente, porém envolvendo um segundo casal. A detenção do piloto da moto usada no crime, Claudemir Rossi Marques, no último dia 29, desencadeou a prisão dos outros três homens: além do ex-sargento da PM, o açougueiro João Nilton da Silva Moreira e o comerciante José Neudes Rodrigues do Prado, ambos de 32 anos. Santos foi encontrado anteontem em casa, na zona norte, e disse que só falará em juízo. Ele teria contratado Prado por R$ 10 mil para a execução do plano. Prado recrutou Marques para levar Moreira até a casa da vítima e matá-la. O motoqueiro recebeu R$ 2 mil e Moreira, R$ 5 mil. Carrasco disse que todos, à exceção de Santos, confessaram o crime.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.