Ex-policial acusado de chacina é condenado a 60 anos na BA

Raimundo Oliveira de Jesus foi condenado por assassinar em 2006 duas crianças e uma idosa em Massaranduba

Tiago Décimo, de O Estado de S. Paulo,

13 Agosto 2009 | 12h11

O ex-policial militar Raimundo Oliveira de Jesus, de 40 anos, foi condenado na quarta-feira, 12, a 60 anos de prisão por ter assassinado três pessoas - duas crianças, de 1 e 6 anos, e a avó delas, de 56 - e tentado matar outras quatro, todas da mesma família, em abril de 2006, no episódio que ficou conhecido como chacina de Massaranduba.

 

O julgamento durou quase 10 horas e contou com a presença da mãe das crianças entre as testemunhas. No episódio, ela foi atingida por cinco tiros. Os advogados do ex-PM, que defenderam a inocência de Jesus, recorreram da sentença.

Mais conteúdo sobre:
chacina Massaranduba Salvador

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.