Ex-policial atira na mulher, faz filho refém e foge

Policiais rodoviários e colegas do patrulhamento de área lotados no 40º Batalhão de Policiamento do Interior (40ºBPM/I) estão à procura, desde às 3h30 desta madrugada, na cidade de Ibiúna, região de Sorocaba, interior paulista, de um ex-policial rodoviário identificado como Paulo Vágner. O ex-policial, por volta da 0h30, durante uma discussão, atirou duas vezes contra a própria esposa dentro de casa, no Condomínio Terriaca, na altura do km 60 da Rodovia Bongiro Nakao.A mulher conseguiu trancar-se dentro do banheiro com a filha mais velha, mas o filho mais novo do casal foi feito refém pelo próprio pai que, ao mesmo tempo em que ameaçava se matar, usava o garoto como escudo para se proteger dos policiais que já cercavam a residência.Após conseguir sair de casa abraçado ao filho, para que ninguém atirasse, Paulo fugiu levando a criança, mas soltou-a logo em seguida. A esposa doex-policial rodoviário foi levada para o hospital da cidade e não corre risco de morte. O caso está sendo registrado no Distrito Policial de Ibiúna. A filha de Paulo já teria feito contato pelo telefone celular com o pai, que continua foragido.

Agencia Estado,

15 de abril de 2004 | 06h02

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.