Ex-prefeito de Bauru é libertado

O ex-prefeito de Bauru Antonio Izzo Filho, que teve seu mandato cassado em 1998 e se encontrava recolhido à cadeia pública da cidade desde o dia 14 de maio de 1999, acusado de diversos crimes administrativos, foi posto em liberdade nesta quarta-feira, às 18h30, beneficiado por uma decisão do Conselho Penitenciário do Estado, que comutou a pena que ele cumpria por desvio de finalidade de uma verba federal.O dinheiro foi liberado para a implantação de lotes urbanizados, e Izzo Filho o empregou na construção do acesso a um núcleo habitacional. O político já apelou e foi absolvido de outras acusações e teve seu alvará de soltura assinado no final da tarde pelo juiz Evandro Kato, da Vara de Execuções Criminais. Ele foi direto para casa, sem fazer declarações.Izzo Filho governou Bauru em dois mandatos, o primeiro integralmente, de 1989 a 1992, e o segundo, interrompido pela cassação. Em dezembro de 1998 voltou ao poder, mas foi afastado por ordem judicial, em fevereiro de 1999, em meio a grande crise política.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.