Ex-prefeito de Limeira morre aos 72 anos

O ex-prefeito de Limeira Jurandyr Paixão morreu no final da noite de ontem, aos 72 anos, na Santa Casa da cidade, por falência múltipla dos órgãos. Ele havia sido internado há 14 dias no hospital com pneumonia. O médico do ex-prefeito, Fausto de Paula, comentou que seu paciente apresentava saúde debilitada há seis meses. Paixão foi três vezes prefeito de Limeira, nos períodos de 1960 a 1964, de 1983 a 1988 e de 1993 a 1996. Também atuou como deputado federal nos anos de 1991 e 1992, antes de decidir voltar à prefeitura de Limeira para seu último mandato. O corpo de Paixão foi levado para Câmara Municipal, onde será velado, e o enterro está marcado para às 17h, no Cemitério da Saudade.

Agencia Estado,

14 de novembro de 2002 | 12h42

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.