Ex-prefeito de Maringá é preso por sonegação fiscal

A Polícia Federal prendeu nesta Sexta-feira o ex-prefeito de Maringá, norte do Paraná, Jairo Gianoto, que havia sido condenado a 14 anos de prisão por sonegação fiscal, formação de quadrilha e desvio de verba pública. Seu ex-secretário de Fazenda, Antonio Paolicchi - que já havia cumprido 4 dos 12 anos de prisão a que fora condenado e estava em regime semi-aberto - também está sendo procurado, mas seu paradeiro, no início da noite, ainda era desconhecido. O ex-prefeito da cidade paranaense está com uma perna imobilizada em conseqüência de um acidente de trânsito que sofreu no final de semana passado. Vários bens de Gianoto, como uma colheitadeira de grãs, haviam sido confiscados pela Justiça e leiloados. Desde que deixou a Prefeitura de Maringá, em 2000, ele havia abandonado a política (era filiado ao PSDB) para se dedicar à administração de uma fazenda, no Mato Grosso.

Agencia Estado,

03 Fevereiro 2006 | 23h25

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.