Ex-prefeito terá de devolver R$ 21 mi

O juiz Rodrigo Barbosa Sales, da 2ª Vara Civil do Guarujá (SP), condenou na segunda-feira o ex-prefeito Farid Madi e o ex-secretário de Serviços Públicos Rogério de Lima Netto a devolver aos cofres públicos cerca de R$ 21 milhões. Segundo o Ministério Público, autor da ação, o valor refere-se a contrato firmado sem licitação pela prefeitura com as empresas Queiroz Galvão e Vital Engenharia, em 2006, para a coleta de lixo. Cabe recurso.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.