Ex-presidente da Câmara de Bauru renuncia para não ser cassado

O vereador Walter do Nascimento Costa (PPS) renunciou ao mandato nesta segunda-feira, às 17 horas, pondo fim ao processo legislativo que deveria julgar nesta terça-feira o pedido de sua cassação, mediante acusação de improbidade administrativa e falta de decoro parlamentar.Contra ele pesava a acusação de não ter tomado providências adequadas para coibir um esquema de compras fraudulentas e superfaturadas ocorridas durante seu mandato de presidente, no biênio 2001/2002.Depois de exercer a vereança por cinco legislaturas e a presidência da Câmara por três biênios, Costa renunciou para evitar a perda dos direitos políticos, o que ocorreria no caso de cassação.Com a renúncia, foi desmarcada a sessão extraordinária que seria aberta às 8 horas desta terça para o seu julgamento. O processo contém mais de 900 páginas e agora deve ser arquivado. Dois outros vereadores de Bauru foram cassados na última quinzena por falta de decoro parlamentar.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.