Ex-presidiário assassinado em Osasco

Para a polícia, trata-se de um ato de vingança a execução do ex-presidiário Élcio Bueno da Cruz, de 46 anos, no interior de um Corsa Wind preto, à altura do número 152 da Rua Visconde Nova Granada, em Osasco, na Grande São Paulo. Ele estava no carro da família, quando dois homens se aproximaram do veículo e um deles disparou, atingindo-o na nuca.As primeiras informações dão conta de que Élcio dirigia o carro por aquela rua e, por causa do movimento intenso de alunos do curso noturno da Faculdade de Tecnologia, foi obrigado a diminuir as velocidade, chegando a quase parar. Tudo indica que os criminosos o aguardavam naquele ponto e aproveitaram a redução para abordá-lo. Socorrido no Pronto-Socorro do Hospital Antônio Giglio, morreu pouco depois. Segundo as informações da Divisão de Vigilância e Capturas, ele cumpriu pena por estelionato e por porte de entorpecentes. Foi posto em liberdade em 21 de novembro passado, graças à redução de pena.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.