Ex-presidiário se mata após manter três reféns

O ex-presidiário Antonio Gomes Francisco, de 40 anos, que mantinha a ex-mulher, de 20 anos, e a ex-cunhada reféns dentro de casa em Serra (ES), desde as 14 horas de anteontem se matou na manhã de ontem após 17 horas de seqüestro. Ele invadiu a casa, onde estavam a ex-mulher, o filho, de 3 meses, e a a ex-cunhada, por volta das 14 horas de anteontem. Segundo a polícia, ele estava inconformado com a separação do casal. O bebê já havia sido liberado.

O Estadao de S.Paulo

30 Agosto 2008 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.