Ex-traficante Escadinha é executado no Rio

Dois homens foram executados na manhã desta quinta-feira, na avenida Brasil, no Rio de Janeiro - um deles era o ex-chefe do tráfico de drogas no Morro do Juramento, José Carlos dos Reis Encina, o famoso Escadinha. Os corpos foram encontrados no Vectra prata de Escadinha, na Avenida Brasil, na pista sentido Centro, altura de Padre Miguel.O veículo foi fechado por dois ocupantes de uma motocicleta, que efetuaram quatro disparos. Dois tiros atingiram o rosto do ex-traficante e os outros dois atingiram o peito e o braço de Luciano da Silva, que o acompanhava no carro.HistóriaNa década de 80, Escadinha chegou a ser considerado um dos principais nomes do crime organizado no Rio de Janeiro e ganhou projeção nacional no reveillon de 1985 ao protagonizar uma fuga espetacular do presídio da Ilha Grande.A operação foi planejada por José Carlos Gregório, o Gordo, que resgatou o companheiro com um helicóptero.Recapturado meses depois, Escadinha foi o primeiro criminoso a ocupar as celas de Bangu 1, onde passou 13 anos preso. Ele foi transferido para o presídio antes mesmo da inauguração do complexo penitenciário de segurança máxima.Gregório, que junto com Escadinha fundou a facção criminosa Falange Vermelha, um dos pilares do Comando Vermelho, foi morto em 2001 em circustâncias idênticas as que culminaram com o fuzilamento de José Carlos dos Reis Encina hoje de manhã.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.