Ex-vereador é morto a tiros em Maceió

O engenheiro agrônomo Carlos Antônio Carneiro Sampaio, 47 anos, ex-presidente da Câmara de Vereadores de Canudos, na Bahia, foi morto com vários tiros, na manhã desta segunda-feira, 11, quando acabava de deixar a filha de 17 anos no Colégio Intelectivo, no bairro da Serraria, em Maceió.Segundo testemunhas, a filha da vítima ouviu os disparos e ainda tentou se aproximar do pai, mas foi contida por funcionários da escola. Sampaio foi morto dentro do carro - um Celta preto - com tiros disparados por dois homens que estavam dentro de um Astra preto. Os homens se aproximaram do carro do engenheiro e atiraram sem que a vítima tivesse chance de reação. As testemunhas não souberam informar para que lado a dupla fugiu.O ex-vereador era filiado ao Partido Social Liberal (PSL) da Bahia e comandou a Câmara Municipal de Canudos entre os anos de 2003 e 2004. Ele residia em Aracaju, onde trabalhava para Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (Dnocs), mas vinha a Maceió nos finais de semana para visitar os filhos, que residem na capital alagoana. Peritos do Instituto de Criminalística estiveram no local do crime e realizaram a perícia. Em seguida, o corpo do engenheiro foi levado para o Instituto Médico Legal Estácio de Lima, onde foi submetido a exames e depois liberado para o sepultamento. O assassinato do ex-vereador será investigado pelo delegado Renivaldo Batista, titular do 4º Distrito Policial.

Agencia Estado,

11 de setembro de 2006 | 15h19

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.