Divulgação
Divulgação

Ex-vocalista do Cidade Negra é baleado na Baixada Fluminense

Ras Bernardo foi atingido por disparos na região do abdômen e não corre risco de morrer

Fábio Grellet, de O Estado de S.Paulo , atualizado às 19h09

02 Fevereiro 2012 | 12h47

RIO - O músico Sebastião Francisco Bernardo, de 49 anos, que é conhecido como Ras Bernardo e atuou como vocalista da banda Cidade Negra, foi baleado na quarta-feira à noite, quando chegava em casa, em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense. Submetido a cirurgia no Hospital Geral, ele não corre risco de morte.

Ras, que hoje se divide entre a carreira musical solo e um projeto ecológico na Baixada Fluminense, seguia por uma estrada de terra, no bairro Cerâmica, quando foi atingido no abdômen por vários tiros disparados por um homem escondido em um matagal. O atirador fugiu e não havia sido identificado até o fechamento desta edição.

A Polícia Civil investiga o caso. Está praticamente descartada a hipótese de tentativa de assalto. Policiais suspeitam que o músico tenha sido alvo de vingança, por motivo ainda desconhecido. Ras tinha shows agendados para os próximos dias em São Paulo e no Nordeste. Eles devem ser adiados.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.