Execuções de adolescentes crescem 100% em Sorocaba

O número de homicídios praticados contra adolescentes aumentou mais de 100% este ano em relação ao ano passado e preocupa aPolícia de Sorocaba. Contra 10 assassinatos de menores de 18 anos ocorridos em 2001, já foram registrados 21 este ano. Os casos mais recentes ocorreram nos últimos quatro dias e vitimaram dois adolescentes de 16 anos. Daiane Cristina Rodrigues foi executada com 8 tiros na Vila Nova Esperança, zona norte da cidade, domingo. Na mesma região, na segunda-feira, foi assassinado também a tiros o estudante Bruno Domingues. A mãe do garoto contou aos policiais que, dias antes,ele conseguira escapar de ladrões que tentaram roubar sua bicicleta em um bairro próximo. O delegado seccional assistente Julio Guebert disse que a maioria das mortes está relacionada com o consumo de drogas. As vítimas geralmente são usuários que não conseguem dinheiro para pagaros fornecedores. Ele admite que as polícias Civil e Militar dependem do apoio da sociedade para enfrentar esse problema. O comandante interino do 7o. Batalhão da PM, major Silvério Leme Filho, disse que as famílias precisam colaborar com a policia. `Os pais devem manter os filhos sob vigiläncia para saberem onde andam e o que fazem.`

Agencia Estado,

18 de dezembro de 2002 | 17h47

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.