Executivo japonês é libertado após sequestro em SP

A agência de notícias japonesa Kyodo News informou que o presidente da subsidiária brasileira da Suzuki, Kiyoshige Ishii, foi libertado ileso na última segunda-feira, um dia depois de ter sido sequestrado em um campo de golfe nos arredores de São Paulo.A agência não esclareceu se foi pago resgate. Um porta-voz do Ministério das Relações Exteriores do Japão, que pediu para não ter seu nome revelado, disse que o consulado do país em São Paulo havia sido notificado do sequestro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.